Páginas

segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

A turma é insistente


A turma, realmente, é insistente, isto parece idéia fixa, que levou Rui Barbosa a dar uma boa resposta ao seu interlocutor, como lembrado na matéria "Tropa de Elite".

Já que tiveram sucesso em encontrar ossada de militante da ALN (ação libertadora nacional), que liderou o seqüestro do embaixador americano Charles Elbrick (quem não se lembra? moeda de troca para libertação de alguns bandidos, entre eles o zé carioca"), em cemitério, e não em local ermo, o mesmo sucesso talvez alcancem no que toca aos militares desaparecidos, por conta de seqüestros e assassinatos efetuados por aquela turba de aprendiz de guerrilheiro; com o apoio dos que estão por aí a flanar, saltitantes e saltimbancos, é possível que se encontrem as ossadas daqueles honrados cidadãos, mostrando-se a verdade de como foram tratados por aquela bandidagem.

A bola há de rolar pelos dois lados do campo.

JabaNews

Um comentário:

  1. Jaba...

    Quantas dezenas, senão centenas, de cemitérios existem no Brasil com um espaço reservado para indigentes? A bem da verdade o número não é importante e sim a história de cada corpo anônimo, sepultado pela negligência humana.
    Quem pode afirmar que os ossos encontrados não são de um destes anônimos? Pelo teatralismo esquerdopata, pela necessidade imperiosa de ter um mártir para poder afirmar: viu nós tínhamos razão! a esquerdalha vai mover mundos para comprovar que qualquer conjunto de ossos seja de um desaparecido.
    Antevejo documentários, filmes, teses sobre a barbárie do holocausto brasileiro contra jovens idealistas que somente queriam viver num país livre...de democratas.
    Eles já deram mostras, muito antes de assumir o poder, de que fazem qualquer coisa para atingir seus objetivos e nisto se inclui o mentir, enganar, roubar, etc...somando esta vocação nata à canalhice com a tendência de recitar mantras até eles se tornarem verdade, eles vão pregando a idéia para um Brasil dopado de carnaval, futebol e bolsas qualquer coisa, de que o desaparecimento de alguns membros da préquadrilha foram fatos que atentaram contra a democracia que na concepção petista tem outro significado que, obviamente, diverge da concepção mundial.
    Somos um país com passado, apesar de esquecido por muitos por força da manipulação das informações, a partir do momento que esquecemos nosso passado acabamos por perder nosso futuro. Livros governamentais, professores direcionados tendem a omitir o que está escrito na história e o que ela diz é que muitos foram chamados a combater um inimigo do Brasil. Os que foram chamados, jogaram o jogo da esquerda nas regras da esquerda...e a esquerda perdeu.
    Esta é a única estória para ficar no história.
    Ossos? os familiares já receberam indenizações pela mercadoria comuno socialista. Se o governo pagou...os ossos são do governo.
    Essa aventura escavatória, me deixa apreensivo pq. se realmente acharem algo, provavelmente teremos de pagar pelo sepultamento dos restos...sabe-se lá de quem!

    ResponderExcluir