Páginas

terça-feira, 7 de junho de 2011

Agora chega!

Agora chega de “Enquanto isso ......”, “Provérbios” e de outras demonstrações sinalizadoras de princípios, já perdidos na memória nacional por conta do que todos já sabem; agora é porrada!

O já esperado arquivamento, pelo PGR, das denúncias contra o cara que “mudou de profissão”, e que causou até perplexidade e indignação no próprio MP, aliado aos aconselhamentos da Comissão de Ética que orientou a mudança da razão do contrato da empresa “palocciana”, para que lá não enfrentasse problemas, sem contar com os abraços e afagos "chavistas", entre o que tudo mais consta do noticiário vindo do Distrito Federal, cujos atos e fatos apenas demonstram o desprezo para com o País, considerando todos como se idiotas fossem, impõem sejam publicados os planos para o cerco e retomada de Pindorama, visando resgatar o que ainda resta de vergonha, decência e outros princípios, o que será feito em próxima matéria.

E aqui nem se fala na compra do “kit energúmeno” por parte do cara que ganhou as eleições presidenciais no Peru, sugerida e patrocinada por empresas nacionais, conforme noticiário de ontem: cada um compra o que quer e paga se quiser, e como quiser: o risco são os efeitos duradouros do nefasto, de muito já diários aqui na terrinha.

Por fim, amanhã, como já anunciado pelo STF, será decidida a permanência ou não do bandido italiano no País que, para alguns da mídia, já é dada como favas contadas o aumento da lista dos que por aqui flanam alegremente.

Agora, chega!

JabaNews

2 comentários:

  1. Jaba...

    O procurador e não encontrador da república democrática petista do Brasil, como clone daquele humorista entrevistador, faz piada da inteligência de alguns brasileiros. Não existe jornalistas/jornaleiros no Brasil para questionar o pq. dele demorar 20 dias para responder que não é da alçada da PGR, verificar o enriquecimento do gênio financeiro e médico sanitarista por hobby?
    Se o procurador e não encontrador da república nada descobre, já que não é a primeira vez, seria interessante fazer uma auto-análise para crescer como pessoa, tentando descobrir se o problema é de visão, interpretação, má vontade ou simpatia partidária mesmo.
    O sobrenome de massa falida poderia mandar "um beijo do gordooo!" e sair do ar até pq, quem paga o salário dele não é o PT e sim nossos impostos.

    sicário

    ResponderExcluir
  2. exatamente, sicário, exatamente!
    abs.,
    jaba

    ResponderExcluir