Páginas

sábado, 23 de julho de 2011

E vamos de STF, mais uma vez

Matéria do Blog do Noblat:

 

"Tóffoli diz que pagou viagem para ir a casamento na Itália


O ministro do STF, José Antônio Dias Tóffoli - Foto: / André Coelho
O Globo
O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) José Antônio Dias Tóffoli deixou de comparecer a quatro sessões da Corte para ir ao casamento do advogado criminalista Roberto Podval, na Ilha de Capri, sul da Itália.
Atuante no STF, Podval é advogado de processos relatados por Tóffoli. O ministro informou ontem, por intermédio de sua assessoria, que não vai abrir mão de relatar esses casos nos quais Podval é advogado. Tóffoli também informou que pagou a sua passagem, mas não esclareceu quem custeou a hospedagem.
De acordo com o jornal "Folha de S. Paulo", Roberto Podval pagou dois dias de hospedagem para cerca de 200 convidados no Capri Palace Hotel, um cinco estrelas cujas diárias variam de R$ 1.400 a R$ 13,3 mil. O casamento foi em 21 de junho.
Tóffoli, que chegou do período de férias na Europa na terça-feira, informou, por intermédio de sua assessoria, que não é "íntimo" de Podval e já participou de julgamentos nos quais votou, inclusive, em desacordo com os interesses do advogado.
A legislação determina que o juíz deve se declarar impedido quando é "amigo íntimo" do defensor de alguma das partes"

O que fazer?!

JabaNews

4 comentários:

  1. Meu caro, essa é a linha tênue entre o ético e o imoral que os PTralhas conseguiram apagar na vida das pessoas.
    Para o Sinistro é normal fazer isso. Agora quer ver se essa mesma situação acontecesse com um Sinistro indicado pelo FHC no governo dele. O que a PTralhada e a imprensa amestrada estariam fazendo de barulho.
    esse senhor deveria pegar a toga e dar no pé, pois chegou lá apenas por ser amigo "del rey" e não por merecimento.

    ResponderExcluir
  2. olá o mascate,
    seja na esquerda "light" ou em outra ideologia, a turba de criminosos já teria feito das suas, com a devida cobertura e apoio da imprensa, como dizes, amestrada.
    o cara da reportagem não deveria nem ter assumido; já que assumiu, e com essa agora, deveria pedir as contas e ir embora para outras paragens.
    abs.,
    jaba

    ResponderExcluir
  3. Jaba...

    A legislação determina que o juiz se declare impedido mas.....Toffoli é detentor de notório saber "jurídico" e também é notório que seu padrinho O Acéfalo desdedado não gostaria que ele deixasse que uma atitude ética maculasse seu trabalho seu trabalho.
    Toffoli deve ser um exemplo da classe emergente, tão alardeada pela quadrilha no poder, que está em condições de viajar em avião à Europa. Mais do que saber quem custeouo a viagem eu gostaria que os jornalistas perguntassem ao indicado à suma inteligência ministro pelego, como é que alguém que não é ÍNTIMO, é convidado para um casamento em outro continente!????


    abs
    Sicário

    ResponderExcluir
  4. Olá Sicário,
    Boa pergunta, mas a inteligência petista na imprensa "parece não chegar a tanto"; afinal, enquadrar o "cumpanheiro", não é o desejo final.
    Abs.,
    Jaba

    ResponderExcluir