Páginas

sábado, 17 de setembro de 2011

Vítimas do Terrorismo

Apesar de ter inserido na coluna ao lado do blog, links para rápido acesso ao site do Grupo Terrorismo Nunca Mais - Ternuma, para conhecimento da lista de vítimas do terrorismo, mês a mês, decidi divulgá-la aqui no blog, de forma a lhes prestar homenagem e honra, além de reverenciar suas memórias, por conta dos covardes assassinatos que foram alvo por parte dos inomináveis poltrões e prófugos que, no doentio sentimento do revanchismo, buscavam, mais uma vez, desestabilizar o País e assumir o poder pelas armas, para o que praticaram toda sorte de crimes e justiçamentos.

Poltrões e prófugos de então, treinados e financiados por governos comunistas, que se infiltraram em todas as classes, arregimentando inocentes em mentirosas ilusões, além de covardes oportunistas demagógicos; poltrões e prófugos atuais que, após a edição da lei da anistia, no período final do governo militar, retornaram ao País, disseminando o seu complexo retrógado derrotista e revanchista, com o que, amealhando interesses  outros para os seus intentos, obtiveram o comando do País, a partir do qual passaram a desenvolver o seu o objetivo principal: aniquilar princípios e valores, esfacelando a constituição.

Quão não menos vergonhoso para o passado dos honrados, aprendiz de guerrilheiro se tornar assessor da Pasta da Defesa?!

E nesse objetivo de aniquilar princípios e valores, encontra-se, entre outras, a ignóbil Comissão da Verdade, de uma via só, voltada a enaltecer bandidos, assassinos e covardes, e a desonrar a história em toda sua plenitude, a plenitude da única verdade.

Por isso, em homenagem à honra da memória, transcreverei para o blog, todas as vítimas de terrorismo listadas no site do Grupo Terrorismo Nunca Mais, de janeiro para cá, na esperança de que permita que outros enxerguem e alcancem os reais intentos retrógados, já sepultados nas pedras do tempo.

Admitindo-se como certa a instalação daquela ignomínia, seria uma boa oportunidade para que as Forças contassem para a sociedade atual a verdadeira história da verdade, exibindo fotos, filmes e tudo o mais relacionado com os poltrões, pondo, pois, um fim na aberração criminosa dos oportunistas, quiçá e oxalá, com o encerramento do governo dos podres, por instância ou não da sociedade.

O País, hoje, atravessa aguda crise institucional, com o explícito envolvimento dos poderes constituídos - acrescentem-se os regionais: estaduais e municipais -  na qual, nos atuais 8 anos e quase 9 meses de governo, aprofundou-se, entre outras violações, constitucionais e não constitucionais, a criminosa organização do assalto aos cofres públicos.

Para se fazer alguma coisa em prol da Nação, se faz necessário formar e reunir um grupo, no qual sejam sedimentados propósitos decentes e honestos, em torno da recuperação do País, com o qual, vencendo-se a iniquidade já disseminada, seria obtido um "tratado" que deixaria o homem orgulhoso, forte, acreditando em si próprio e no seu País.

JabaNews

Nenhum comentário:

Postar um comentário