Páginas

quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

Sumiu! Ninguém sabe, ninguém viu!


Convocação de Pimentel 'desaparece'


Sem nenhuma explicação, a Mesa Diretora do Senado retirou da relação de requerimentos com pedidos de informação que examinou na reunião desta manhã o de iniciativa do líder do PSDB, senador Álvaro Dias (PR), dirigido ao ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio, Fernando Pimentel. Na reunião de ontem foi aprovado, sim, um requerimento do líder tucano, mas aquele que questiona o ministro da Educação, Fernando Haddad, sobre a contratação de empresas pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), e não o referente a Pimentel.

A informação equivocada de que o requerimento dirigido ao ministro Pimentel havia sido aprovado na lista de ontem foi dada pelo primeiro-secretário, senador Cícero Lucena (PSDB-PB), em conversa com jornalistas.
O procedimento dos integrantes da Mesa Diretora do Senado – sendo cinco deles da base aliada do governo e apenas dois da oposição – mostra o interesse em poupar Pimentel de indagações sobre suas atividades como consultor. Se o requerimento tivesse sido avalizado pela Mesa Diretora, o prazo de 30 dias para ele responder às 12 perguntas do líder tucano começaria a contar amanhã, data em que o documento seria protocolado no ministério.
Em vez disso, o requerimento nem mesmo recebeu um relator. No entender do líder do PSDB, isso mostra que os governistas querem protelar ao máximo possível o envio das perguntas.
(Diário do Comércio)

Nenhum comentário:

Postar um comentário