Páginas

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

Em tempo


O “Em tempo”, tem a ver com a matéria anterior.

Há pouco acabei de assistir no noticiário da Record que a Polícia de São Paulo, talvez tardiamente, tardiamente no que toca ao meu conhecimento quanto ao resultado e informação dos trabalhos policiais, desbaratou quadrilha que desviava, roubava remédios para tratamento de câncer, rendendo alguns milhões de reais.

Roubar ou desviar remédios para tratamento de câncer é ph .... !

Aí reside o que falei anteriormente: baita trabalho será o de fazer com que a “sociedade”, parcela dela, já contaminada pelos crimes diários dos prófugos, e do ganho fácil, carcomida no que respeita aos princípios, volte a considerá-los, os princípios e valores, como normas de conduta.

Deixando de lado a utopia, continuo a contrariar Platão: os vivos ainda presenciarão o fim de toda essa criminalidade, e sairão vitoriosos no seu sonho real.

Nenhum comentário:

Postar um comentário