Páginas

quinta-feira, 19 de abril de 2012

Assalto consumado: novo Museu


Na matéria Assalto em Andamento, comentei sobre o interesse da dona da Cultura em liberar R$ 14,4 milhões dos cofres públicos, para despesas físicas do museu petista em SBC, com apoio da prefeitura local, em R$ 3,6 milhões, fechando-se a conta, inicialmente, em R$ 18 milhões.

Assalto consumado no dia seguinte ao da matéria, conforme anunciado pelos meios de comunicação, com direito a foto de alegria e felicidade daquela dupla.



Naquela matéria cheguei a pensar em solicitar financiamento do Ministério para instalação do Museu da Vergonha em Brasília, local no qual a enorme parcela de decentes brasileiros decentes poderia se dirigir, a fim de reverenciar o País e promover a recuperação dos princípios e valores.

Recuperei, contudo, outra ideia, lançada em setembro de 2010, que também poderia ser submetida àquele Ministério, para obtenção dos pertinentes recursos: a construção, em Brasília, do Museu dos Corruptos.

Os trabalhos iniciais, de apresentação da ideia aos “cabas” do governo, ficariam por conta do pessoal das Organizações NewJaba, holding que congrega o JabaNews e mais a JabaInvestment, JabaProjects, JabaTour, JabaInn , JabaAir-Linhas Aéreas Brasil para Todos e JabaInsurance, dividindo-se as etapas, como segue:

A JabaInvestment providenciaria, após a obtenção das devidas licenças, inclusive a ambiental,  a construção do Museu dos Corruptos, no qual as impolutas figuras, devidamente empaladas, em tamanho natural e em cera, seriam imortalizadas.

Os trabalhos de criação e maquete ficariam por conta da JabaProjects que, desde já se antecipa, teria o Museu a forma de um gigantesco molusco, todo em vidro transparente azul, com os tentáculos se estendendo por toda estrutura interna.

Com a inauguração do Museu, a JabaTour se encarregaria de oferecer os pacotes especiais para a primeira excursão ao monumento nacional, já incluídos nos pacotes as passagens aéreas (transporte aéreo por conta da JabaAir) traslados e hospedagem no JabaInn, com café da manhã e jantar inclusos, passeios pela cidade em confortáveis ônibus da JabaTour, com direito à assalto, o mais próximo da realidade (parada para fotos panorâmicas, lembranças e cafezinho) e opcionais para se conhecer os complexos penitenciários do País – extensão da viagem para outros Estados.


Para completa segurança e tranquilidade dos clientes, o "extra" do assalto, incluído no pacote, mais o próprio pacote, seriam garantidos pela JabaInsurance, sem nenhum custo adicional.

Sem falsa modéstia, até que seria uma boa obra para as futuras gerações; quem sabe não entraria para o rol das maravilhas do mundo e não seria tombada como bem da humanidade, monumento histórico etc.


Em tempo: Foi aprovada pela CMSP, a doação de um terreno, que vale para mais de 20 milhas, para a "instalação", em SP, do Instituto do energúmeno cefalópode, por tempo em que muitos já morreram, até o próprio que diz que vai mas continua por aqui a atazanar com suas hipocrisias e idiossincrasias criminais (assunto tratado em "Assalto em andamento"). Se nada for feito, a vaca vai mesmo para o brejo. Aí só resta pedir ajuda "Superior" para impedir que o País se afunde, de vez, na criminalidade doentia explícita, e não se transforme no demagógico paraíso retrógado já mandado para o fundo dos infernos nas linhas da história.

Nenhum comentário:

Postar um comentário