Páginas

terça-feira, 24 de abril de 2012

Hohohoho!

Não se trata de Papai Noel atrasado ou adiantado, mas da manchete de página de O Globo, de hoje, que concorre com outras, vindas de paragens diversas, à piada do ano.


Diz a reportagem estampada na capa: "Enriquecimento ilícito de juiz e político deve virar crime: a comissão de reforma do código penal aprovou ontem proposta que pune pelo crime de enriquecimento ilícito o político, juiz ou servidor público que obtiver patrimônio incompatível com a renda declarada por ele".

E antes, não era?! Por onde andava a Receita, que azucrina a vida do contribuinte comum, por todo este tempo?! A turma ali mencionada não perdia os seus preciosos minutos com o ajuste anual?! E a COAF?! 

Estou começando a acreditar que sou um perfeito idiota! Devo estar evoluindo!

Um comentário:

  1. Jaba...

    A manchete do jornal O Globo mostra o nível do nosso jornalismo. A mentira ou a inverdade contida, somada a estupidez do brasileiro, denota ou falta de conhecimento ou pura manipulação. Creio que o crime de roubo já é contemplado no Código Penal, portanto este "novo" enquadramento é digno de quem não tem nada a dizer ou a fazer, se não for assim, gostaria que os entendidos respondessem se um ladrão de bancos não está enriquecendo ilicitamente? Se a resposta for positiva não há porque "criar" a lei e não há porque a resposta se negativa. A estupidez da notícia aparece quando lembro que POLÍTICOS GOZAM DE IMUNIDADE PARLAMENTAR e esta "casta" é a única que deveria ser severamente punida por ser a que mais rouba no país mas, com a conivência de doutos, mais uma vez eles são premiados.
    O novo Código Penal é engodo, cortina de fumaça.
    Se realmente alguém quiser mudar a relaidade brasileira acabe com a imunidade de certas castas.

    abs.

    Sicário

    ResponderExcluir