Páginas

sábado, 16 de março de 2013

minorities troublemakers

A turma da minoria encrenqueira é mesmo chegada a uma bagunça raivosa, nitidamente antidemocrática, como fez questão de mostrar ao reagir a indicação do cara aí ao lado, para presidir a Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara.

Ora, se é isso mesmo, "e Minorias", já está tudo errado, porquanto "direitos humanos" engloba e interessa a todo um corpo social e não, apenas, a determinada parcela que o compõe.

Bom, a reação, típica de oportunistas desesperados, foi seguida de acusações de homofobia e racismo contra o indicado, e outras atitudes já consideradas como normais em espécies tais.

Recentemente, aquela turma protocolou, no Supremo, Mandado de Segurança contra o ato do presidente da Mesa Diretora da Câmara, Henrique Eduardo Alves, e da Mesa Diretora que resultou na eleição do deputado Marco Feliciano para a presidência daquela Comissão. O objetivo da ação, apresentada pelos deputados Jean Willys, Érica Kokay, Luiza Erundina, Nilmário Miranda, Domingos Dutra, Mariton Benedito de Holanda (Padre Ton), Janete Capiberibe e Janete Rocha Pietá, é que o Supremo declare nula a sessão da Comissão do dia 7/3/2013, na qual ocorreu a eleição. Para quem tiver interesse na leitura integral da matéria, segue o link:

http://www.stf.jus.br/portal/cms/verNoticiaDetalhe.asp?idConteudo=233275

Homofobia e racismo são conceitos que já se completam ou se complementam no lugar comum da banalidade. Chamar viado de viado, é homofobia; chamar negão de negão é racismo, e de hipocrisia em hipocrisia, segue-se a crescente degradação da moralidade humana.

O cara da foto foi acusado de racismo por conta de graves ofensas contra os negros africanos, e de homofóbico, por ser contra o casamento gay. No primeiro caso, se realmente existentes as ofensas, o cara pode até ter extrapolado os limites da liberdade. Já no segundo, não há como considerar o comportamento hipócrita por parte da minoria histérica, minoria esta que, na primeira reunião daquela comissão, na presidência atual, mostrou a que veio, no arranca rabo que lá teve lugar (pág. 6, Jornal dos Marinho, do dia 14.03): "Enquanto existir essa comissão, os viados vão estar aqui. A gente saiu do armário, nós quebramos o armário e não voltamos mais para ele".

Dentro ou não do armário, quebrando ou não o armário, até viado tem que ter compostura, tem que ser homem - algo difícil na espécie - e não deve buscar impor a sua viadagem a terceiros; ninguém é obrigado a gostar ou aceitar o que se pretende impor, mesmo que se considere a demagogia oportunista do Supremo. Não há nenhuma homofobia em não se gostar de viados, em chamar viado de viado e ser contra o casamento entre os da espécie, o que é visto, apenas, aos olhos de quem disto se utiliza e dita o seu caminho de reprovável aparência e esperteza.

Mas o cara tem a minha simpatia: disse lá, em rompantes ou não, que seu projeto seria o de trazer às escolas as disciplinas de moral e cívica e religião. Se o fizer, terá mais do que minha simpatia, mas reconhecimento. "Moral e Cívica", num país de amorais, ausentes de civismo, é algo mais do que salutar, talvez traga hombridade; "Religião", num País que se diz "laico", por oportunismo demagógico, talvez traga o respeito entre os indivíduos.

Gostaria, porém, de saber se a minoria encrenqueira irá acusar e "processar" o Papa Francisco por homofobia, por sua conhecida posição contrária ao casamento entre viados, que já lhe rendeu "desrespeitosa reação demagógica", por parte da presidência portenha?

No mais, o Congresso se merece, porque tem as bestas que o merecem.

2 comentários:

  1. EU SOU HOMOFO'BICO ATE' OS DENTES,,,,NAO CONTRA OS VIADOS QUE SE POE NO SEU LUGAR E NAO MILITA, SOU EXTREMAMENTE HOMOFO'BICO COM OS QUE MILITAM. TA AI A MOSTRA DO PORQUE. ESSE PASTOR, CUJO GRANDE CRIME QUE ATRIBUEEM A ELE, E' DE SER RACISTA E HOMOFO'BICO. GRANDE BOSTA ISSO, GRANDE CRIME ESSES. AGORA PEGAR DINHEIRO NOSSO (MILHOES)PRA VIADOS DESFILAREM, FAZEREM ORGIAS, PROMOVEREM ABORTOS, ALMOCOS DE LUXO E ESTADIAS EM HOTE'IS 5 ESTRELAS APOLOGIAS AS DROGAS E SEM NOSSA PERMISSAO NAO E' CRIME. NUM PAI'S DE TANTOS MISERA'VEIS ? ISTO E', PORQUE O CARA TEM UM VI'CIO SEXUAL PASSA A TER DIREITO MAIS QUE AS MULHERES. TENHA DO' A COISA JA' FUGIU DOS LIMITES DA PERVERSAO IMORALIDADE E CRIME. ESSES VIADOS MILITANTES TAO FOLGADOS DEMAIS. TA NA HORA DE ALGUEM DAR UM BASTA E PO-LOS NA CADEIA POR EXTRAVIO DE DINHEIRO DO NOSSO IMPOSTO.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Berto pernambuco.
      De pleno acordo; perversão e imoralidade já ultrapassaram os limites.
      Aliás, se essa viadagem quer algum respeito, deveria se dar ao respeito, e parar de mamar nas tetas públicas, aqui, ausente conteúdo hilário; a degradação dos costumes, já em avançado grau, só é aceita por quem dela se beneficia ou por quem já consumido pelo próprio processo da degradação.
      Abs.,

      Excluir