Páginas

quarta-feira, 17 de abril de 2013

Beto Pernambuco comenta "Eleições na Venezuela"

Não existe nos anais da história mundial que um governo extremamente corrupto e/ou sanguinário tenha entregado o poder de forma espontâneo e/ou democrático, todos, sem exceção, foram derrubados por uma revolta popular (exemplo, Tunísia, Egito etc), intervenção externa (ex, Iraque, Panama, Líbia etc), desmonte interno (ex, Argentina, URSS etc) ou acordo com a oposição( ex, Chile, Brasil etc).
A Venezuela não será exceção na história, os chavistas sabem que não podem entregar o poder, pois a corrupção foi tanta, mas tanta, que se a oposição tomar o poder, milhares de chavistas irão presos por corrupção, daí a tentativa de vencer o pleito na marra.
Idem com o Brasil, engana-se quem pensa que Dilma perderá a eleição em 2014, o PT jamais entregará a presidência de forma democrática, eles farão de tudo, inclusive adulterando as urnas eletrônicas pra vencerem, pois o PT roubou tanto, mas tanto, que hoje praticamente seria impossível Lula e sua turma sair ileso de uma investigação isenta da PF.
O problema do PT é que eles não tem como adulterarem milhares de urnas eletrônicas no dia da votação, só uma pequena parte, daí o desespero de Lula em começar a campanha eleitoral já em 2013.
Enfim, o ministro Patriota precisa apoiar Maduro, pois ele sabe que o PT poderá precisar do apoio de Maduro em 2014, caso a oposição no Brasil tenha o mesmo desempenho de Capriles nas urnas.

O chavismo assim como o PT não pode sair do poder e nem o Lula ser investigado e denunciado. Se isso acontecer, a cachoeira de lama seria tanta, e tao suja, que não haveria presídios suficientes. Nesses escândalos ninguém fala do Dilma,,,que também tá envolvida ate o pescoço. Dilma e Rose são irmas gêmeas. Foi bloqueado a abertura dos arquivos do Dilma, do tempo do cangaço comunista. A naturalidade Búlgara dela ninguém investiga. Contas bancárias dela, nas Ilhas Cayman, ninguém investiga. Se tivéssemos oposição, bastaria investigar isso ai, Mas todos esses crimes são fichinhas diante da cachoeira de lama que apareceria, com a saída do PT. Apesar da mediocridade de sua administração, ela continua rindo, tranquila, usando e abusando de nosso dinheiro, e escanda-los pipocando,,,mas ela ri,,,isso não diz tudo ?????

__________

Olá Berto pernambuco,


Na turma que você citou, incluiria o doente austríaco, de triste memória, responsável por barbáries até piores do que as então praticadas pelos russos e outros inomináveis.

A situação aqui é muito grave, posso até dizer que, apesar de 39 partidos (creio ser este o número), retornou-se ao sistema bicameral: de um lado o partido das tragédias e, de outro, o dos metidos a intelectual, de comum, o " deletério passado de esquerda, festiva ou não"; os demais, realçando o que insiste em ser chamado de partido dos ministérios do brasil, restos ou apêndices políticos, que engessam e envergonham o país nos espúrios e nefastos acordos de costume.

O primeiro, profliga na insistência da perenidade do poder e na degradação de princípios e valores, perfilhando trilhas criminais; o segundo, na sua conhecida autofagia, pretendendo retornar, e que também carrega o seu viés criminal, quando de passagem passada pelo poder. Com um ou com outro, nada é a mesma coisa.

O voto seria o instrumento adequado para se tentar estancar o continuísmo da "tragédia", que já se anuncia continuará. Mas que voto? Meu voto, como sempre, é contra o partido do alto índice criminal, o dos Prófugos e Trapaceiros. Mas em quem votar? 

Os votos que sustentam a criminalidade, são mais do que conhecidos; fique-se com os da juventude abestalhada que, se não fosse tão abestalhada, e tão chegada ao consumo das drogas ou às marchas da viadagem ou, ainda, aos idiotas rompantes defensivos do sistema cubano ou, se não fosse tão "aculturada" e respeitasse a história do país e o honrasse; fique-se, ainda, com os da turma dos espertos metidos a espertos, que julgam ser a vida nada mais do que o recebimento de bolsas demagógicas; fique-se, também, com os dos corruptos sociais e com o mais que se quiser, talvez a turma já tivesse sido mandada para a "vala" - local bem apropriado - e as coisas, por aqui, andassem na decência. Veja que Erenice ressurgiu das cinzas ...

Qualquer que fosse o viés ideológico de pretendentes ou ocupantes do poder, encontra-se-ía, com uma sociedade devidamente instruída, freios para a prática de intentos degradantes, já digeridos "por aqueles votos", como de normal situação e de sustento de interesses próprios.

Isto, por ora, é utopia, mas que esta porra andaria nos eixos, andaria.

Obrigado pela visita.
Abs.

2 comentários:

  1. Flavio...
    Tudo o que aconteceu, acontece e acontecerá na Venezuela, se deve ao fato de que lá o poder ditatorial se encastelou. Lá as instituições caquéticas e contaminadas falharam porque não souberam impor a Hugo Chavez a pena que deveria cumprir por tentar, através de um golpe, tomar o poder.
    Talvez poucos se lembrem que a história "politica" do cel. Chavez começou com uma tentativa de golpe, artifício que a esquerda doentia (sei que é redundância) impinge àqueles que se opõem à esquerda e que são rotulados como de direita.
    Chavez era um doente e morreu doente(graças à Deus e o diabo que o carregue). O filhote de Fidel aplicou na Venezuela a lição de casa que os Castro planejaram para a latrina do mundo.
    A Venezuela de hoje é o Brasil de amanhã. É só observar que travestidos de direitos humanos, marginais se aproveitam da estupidez alheia para impor sua vontade. Quando nos dermos conta a milícia denominada Força de Segurança Nacional estará nas ruas para controlar as massas, as filas de votação e para dizer a quem devemos aplaudir e orar.
    Hugo Chavez, no Brasil, será fichinha....
    abs.
    sicário

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Sicário,
      "Fichinha" é muito melhor que pivete.
      A conjugação da estupidez com a pretensa esperteza, mais a contumaz e protegida criminalidade, proporcionou a degradante situação que se vivencia aguda nestes últimos e atuais doze anos, e que parece não ter fim.
      Mas ainda sonho na minha utopia, pois espero ver isto aqui andar nos eixos, com esse bando de vagabundos abestalhados "tomados por um surto de inteligência", e as instituições retornando ao seu devido respeito.
      Abs.,

      Excluir