Páginas

terça-feira, 23 de abril de 2013

Enquanto isso ... A pátria de chuteiras ...

Enquanto isso ...
(a) enquanto seguem com a imbecilidade criminosa aqui no Rio de Janeiro, de fechar as unidades municipais de saúde, por conta de ponto facultativo;
(b) enquanto seguem dando espaço, na imprensa, a bandido, transfigurado em suas feições, alardeando inconformismo por ser condenado por crimes atuais praticados;
(c) enquanto aquilo que se chama de comissão nacional da vergonha continua, com apoio da imprensa, para a qual não tenho mais adjetivação, flanando, na divulgação diária desta mesma imprensa, em sua cretinice, enaltecendo vagabundos, promovendo alteração de certidões de óbito, alardeando que vítimas da ditadura terão assistência psicológica, ao passo que não se fala na mesma assistência aos que foram vítimas destes mesmos vagabundos, e que fungos prejudicam a identificação de ossadas;
(d) enquanto este troço, com apoio dos acomodados, e daquela mesma imprensa, desrespeita a memória do País e dos seus mortos;
(e) enquanto o conselho nacional de políticas sobre drogas, discute a sua liberação para os abestalhados, sob o conceito medicinal;
(f) enquanto o segundo festival de história de Diamantina, a ter lugar em setembro próximo, contará, sob a ótica dos vencidos, a história - ou estória - dos acontecimentos, desde o período colonial até a ditadura (eita porra!);
(g) enquanto se mostram as discrepâncias no Supremo, quanto aos futuros desdobramentos do "mensalão";
(h) enquanto se mostra a contínua corrupção, sendo bola da vez, o projeto minha tábua minha vida;
(i) enquanto tudo o que mais fazem, na perene destruição dos princípios e dos valores,
o governo de fezes aproveita para lançar o "logo" da pátria de chuteiras (acima).

É phoda! Há que se dar um freio! Há que se dar um basta! Pátria de chuteiras é o cacete! Salvo se for para dar um chute no traseiro dessa cambada de inqualificáveis!

Me desculpem por, no final, perder as estribeiras. Mas é muito "enquanto isso", "enquanto aquilo outro", e por aí vai ...

Nenhum comentário:

Postar um comentário