Páginas

sexta-feira, 31 de janeiro de 2014

Tinha que ser ele ...


Após o pugilato verbal trocado com o Presidente do Supremo, que se encontrava em férias palestrantes, sobre o porque de não ter assinado o mandado de prisão do condenado mensaleiro João Paulo Cunha - argumentou ser da competência exclusiva do relator do processo assiná-lo (o relator também é Presidente da Corte) -, o cara aí ao lado, ainda exercendo a interinidade presidencial do STF, e segundo noticiou ontem o Supremo, se achou, porém, na competência para ajudar novamente a turma da bandidagem, desta feita despachando petição de outro mensaleiro condenado - o Zé Dirceu - determinando, no autoritarismo típico dos frustrados e ignorantes, que o Juiz da Execução examinasse a solicitação do reles inqualificável com a urgência requerida e exigida que, no final, nada mais é do que permitir ao mané bandido o seu turismo diário, sob a proteção dos denominados "benefícios externos".

Ante o exposto, determino ao Juízo da Vara de Execuções Penais
 do Distrito Federal que analise, fundamentadamente, 
o pedido de trabalho externo formulado nestes autos, 
observada a urgência que as normas constitucionais 
e ordinárias aplicáveis à espécie exigem

Haja urgência e não urgência ...

Para o inteiro teor da decisão, basta clicar em link.

quinta-feira, 30 de janeiro de 2014

Contrastes de um País de contrastes ...

Noticiário de ontem à noite deu conta, efusivamente, do lançamento das moedas comemorativas da Copa 2014, em ouro, prata e cuproníquel, estas últimas, dando-me a idéia de mandá-las para determinados não qualificáveis. O Banco Central espera arrecadar 20 milhões com a venda das moedas para colecionadores, sendo 2 milhões destinados para a FIFA. Para visualizar as moedas e suas ridículas "definições", clique aqui.

Antes, porém, não tão efusivamente, noticiou-se a apresentação de um Relatório da Unesco, conhecido por Relatório de Monitoramento Global de EPT (Educação para Todos) 2013/14, pelo qual se identifica mais uma proeza dos prófugos em comando, qual seja, o Brasil figura em um lista de 10 países tidos como os de maior índice de analfabetismo entre adultos, no caso tupiniquim, 13 milhões de adultos analfabetos.

Na lista, encabeçada pela Índia, o País se encontra na oitava posição. Antes dele, tirando a Índia, figuram China, Paquistão, Bangladesh, Nigéria, Etiópia e Egito. Abaixo do Brasil, Indonésia e República Democrática do Congo. 

Espero que não façam força para que o País se tone o campeão do analfabetismo entre adultos, já que muito se esforçam para ser um dos mais corruptos do planeta, além de já ocupar o primeiríssimo lugar internacional em consumo de crack e o de vice em consumo de cocaína, como também já deve alcançar belíssima colocação entre aqueles que não medem esforços em manter a juventude na contumaz imbecilidade e ignorância.

Posso até ser repetitivo, mas não há mais espaço na alma para suportar tanta vergonha ou falta de vergonha. Há de se deter o Poder que insiste, de todas as formas, em destruir o País, com contrastes ou não.

terça-feira, 28 de janeiro de 2014

Davos-Havana via Lisboa

Mais um voo da vergonha por um bando que não tem a menor vergonha, e que arrosta  mentiras e imbecilidades para justificar o óbvio da falta de vergonha, chegando ao ponto de o governo português pronunciar-se sobre a prévia visita agendada dos desqualificados que, mais uma vez, envergonham o País.

Na falta de caráter tupiniquim, o turismo em Lisboa, tratado como segredo de estado, o cara que ocupa a pasta das Relações Exteriores, chamado de Ministro Luiz Alberto Figueiredo, teria dito que a decisão de fazer turismo em terras de além-mar teria sido tomada no dia da partida de Davos, para, ao depois, inventar pérolas no sentido de que se tratava de uma "parada técnica" não prevista, vindo a versão oficial de que o plano era sair da Suíça no sábado, parar nos Estados Unidos para abastecer as duas aeronaves oficiais e chegar a Cuba no domingo. Mas o mau tempo teria obrigado a comitiva a mudar de planos na véspera e desembarcar em Lisboa.

A farsa, porém, veio a ser desmentida pelos patrícios, ao afirmarem que desde quinta passada o diretor do cerimonial do governo de Portugal, embaixador Almeida Lima, estava escalado para recepcionar a inominável e sua comitiva no fim de semana e que, Joachim Koerper, chef do restaurante Eleven, onde a inqualificável jantou em Lisboa com os sectários, recebera pedidos de reserva na mesma quinta-feira. 

Agora a PGR diz que abrirá inquérito civil para investigar os gastos com o turismo -  hospedagem nos hotéis Ritz e Tivoli, 45 quartos foram usados, o primeiro com diária a R$ 26 mil -. Talvez fosse interessante, também, investigar os gastos com o voo da delinquência para o enterro do Mandela, como, também, o turismo em Roma, quando da assunção do Pontifício pelo atual Papa. E porque não o enterro de U$ 682 milhões, tirados do BNDES, na primeira fase do porto de Mariel em Havana, que já conta com previsão de mais U$ 290 milhões para a segunda fase. E por aí vai ...

Ao olhar para os prófugos, e todos os atos de criminalidade explícita, praticados já se vão décadas, lembro de um pensamento: se o Poder derruba o Pais, o País tem o legítimo poder de derrubá-lo.

sexta-feira, 24 de janeiro de 2014

Frase do dia ...

"Ficar velho é obrigatório, crescer é opcional".

Brasil e a Copa ...

Vídeo de Carlinhos Troll:


Importado é sempre melhor ...

Três "grandes" pensadores nacionais e um importado.
Por isto é que dizem que o importado é sempre melhor....


INFELIZ É O POVO CUJA NAÇÃO TEM UMA BESTA NO PODER E VARIAS OUTRAS VOCIFERANDO...........

quinta-feira, 23 de janeiro de 2014

Torcida frustrada ...

Vôo da delinqüência para a Africa


O tombo que não ocorreu


Efeitos do rolezinho no Leblon ...

Cineasta, morador do Leblon, bate boca com o Batman, por conta do famigerado rolezinho (o shopping no Leblon estava fechado, e a turma do que não tem nada o que fazer aproveitou para comer um churrasco ali mesmo), tudo filmado por lentes francesas (o bate boca), que entrevistava o cineasta e outras que desconheço.
De qualquer forma, e para orgulho tupiniquim, a idiotice já deve estar lá pelas terras de La Résistance. Haja vergonha!

  

Extinto HC que pedia a liberdade do Delúbio Soares ...

Como se sabe, o papel é depósito de infinita utilidade, aceita qualquer coisa, tal como alguns argumentos estrambólicos, de péssimo português, deduzidos por advogado do Delúbio Soares, escritos à mão em folha de caderno, requerendo a sua liberdade, em sede de habeas corpus, perante o STJ, Tribunal, por sinal, incompetente para apreciar a estultice. Ei-los: 


Algumas pessoas que cometem crimes no Brasil 
são por falta de oportunidades. 
O país ainda é muito marginalizado, que com isso, 
pode trazer consequências pesadas para algumas decisões, 
inclusive a de Delúbio Soares.” 

Não há que se falar em formação de quadrilha, 
uma vez que é incompatível com as condutas dos acusados 
se juntarem para cometer crimes. 
A maior parte dos acusados são de regiões dispersas do Brasil. 
Como que um goiano terá tanta facilidade de se juntar
com um cearense para cometer crime de quadrilha?” 

O papel, realmente, aceita qualquer coisa, até o que se chama de merda escrita, como, também, aceita boa coisa, como a de parte do Presidente do STJ que indeferiu liminarmente o requerimento, extinguindo o HC (notícia de hoje, na página do STJ).

quarta-feira, 22 de janeiro de 2014

Repassando: Dumb ways to die in Rio



Recebi o vídeo e estou repassando.

Quem o encaminhou disse "olha o que circula pela internet", alegando, mais, ser péssimo para os negócios e para o turismo. E daí, pergunto? Que negócios e que turismo?

Ocorre que, apesar de tratado como paródia, as ocorrências ou fatos nele citados não se constituem em primazia da Cidade outrora maravilhosa, ou de outras Cidades do País outrora respeitado e honrado. O fenômeno, se é que se pode chamar de fenômeno, é lugar comum em outros cantões do planeta.

Para não ficar na demagogia dos pensadores de plantão, (a) basta ver que aqui no Rio foi preso, ontem, um estuprador beneficiado com o semi aberto, que saía, pela manhã, para "trabalhar" - roubar e estuprar - retornando à noite para a cadeia, para o sono dos justos; (b) basta ver o que dizem os intelectuais oportunistas acerca de um movimento intitulado de "rolezinho", tido como inclusão - inclusão de que, já que marcam a imbecilidade pela internet, e se vestem na mediocridade dos adoradores de grifes? -; (c) basta ver que essa turma de vagabundos, alguns da mesma laia, por não conseguirem entrar em um Shopping, foram azucrinar outros tantos em uma loja de conveniência de um posto de gasolina, roubaram a loja e ainda tentaram colocar fogo no posto - e ainda se fala em racismo; (d) basta ver a demagogia oportunista dos defensores dos direitos humanos - repórteres, ongs, oab, amb, entre outros - acerca das condições carcerárias no País; (e) basta ver que esta mesma turma, atacando a polícia, se sensibiliza com a morte de milhares de bandidos, mas não se sensibiliza com o assassinato de milhares de policiais e não policiais; (f) basta ver que, segundo investigações do MP do Rio Grande do Norte, agentes e diretores da penitenciária estadual de Alcaçuz, recebiam propina em cartão de crédito - isso é que é reforma do sistema penitenciário; (g) basta ver que o dia a dia do País é carregado de vergonhosa roubalheira, sem final satisfação; (h) basta ver que a imprensa se ocupa diariamente sobre a forma como os bandidos petistas e seus associados, pagarão as multas então impostas pelo Supremo, no processo do mensalão, ou sobre o local em que irão trabalhar; (i) basta ver que nada mais se fala quanto à recuperação da quantia roubada por essa quadrilha e nada mais se fala sobre todos os outros desvios então divulgados e praticados pelos inqualificáveis, ao longo de um governo também inqualificável; (j) basta ver que o secretário de transporte aqui do Rio, entrevistado sobre os recorrentes problemas da Supervia - hoje, pela manhã, a turma que se utiliza dos trens, ficou na mão mais uma vez - sem ter o que dizer, solta a pérola de que há décadas não se faz investimentos no transporte, e de que tudo será resolvido em 2016, com a chegada de novos trens; (k) basta ver que esse mesmo governo, em dezembro de 2010, prorrogou a concessão dos péssimos e criminosos serviços para 2048 - isso mesmo, 2048 -  e que, ao final de 2010, aprovou liberação de mais de 1 bilhão para compra de novos trens; (l) basta ver que ao mesmo tempo em que se propõe, ao nível do que se chama de governo, a não reprovação nos 3 primeiros anos do ensino fundamental, aumentando, assim, o analfabetismo funcional, detona-se uma Universidade, deixando-se ao "Deus dará" o futuro dos universitários; (m) basta ver que o governo aqui do Rio, sob o argumento de baixar as tarifas dos ônibus, anunciou, ontem, que as empresas pagarão, apenas, metade do IPVA de 2014; (n) basta ver o que mais ocorre no País, acerca das condições básicas do cidadão; (o) basta ver o que mais se quiser ver, como a ausência de cadeia, para muito vagabundo, e por aí vai ...

O vídeo, apesar de idiota, tem lá o seu fundo de verdade e,

- basta de tanta vergonha e de tanta falta de vergonha -

terça-feira, 21 de janeiro de 2014

Repassando: Como será o amanhã?

COMO SERÁ O AMANHÃ ?

Quando você viajar ao exterior conte um pouco sobre as leis brasileiras ao seu amigo norte-americano ou europeu e até argentino. Explique para ele assim:

Se você for com sua esposa, seus filhos, noras, genros, netos, almoçar fora no domingo e tomar 1 ou 2 chopps, ou 1 ou 2 copos de cerveja no almoço e for parado numa blitz, você paga uma multa de R$ 1.960,00, tem a carteira cassada por um ano, o carro apreendido e vai preso.Se você comer 1, 2 ou 3 bombons de licor, tomar xarope para a tosse ou tomar alguns comprimidos de homeopatia e for parado numa blitz, você paga uma multa de R$ 1.960,00, tem a carteira cassada por um ano, o carro apreendido e vai preso. Se tens dúvidas tome conhecimento da lei que estabeleceu estas punições.
Se você fumar maconha, fumar crack, cheirar cocaína, tomar comprimidos de ecstazy, tomar injeção de heroina ou ópio e for parado numa blitz, nada vai acontecer.

Se você roubar, assaltar, estuprar, atropelar e até matar alguém, com um bom advogado, o máximo que vai acontecer é você esperar o julgamento em liberdade e se for condenado como réu primário, ir para o regime semi-aberto. E se tiver bom comportamento só vai cumprir um terço da pena.

Já se você roubar milhões de reais do povo ou dos cofres públicos, várias coisas podem acontecer: vai se eleger deputado ou senador, vai passar 15 dias num resort na Bahia em companhia da amante, vai ser eleito presidente do Senado, vai ser nomeado ministro ou presidente de uma agência controladora.
E mais um detalhe: se você tiver menos de 18 anos completos, aí você pode beber e dirigir como quiser, roubar, assaltar, estuprar e matar à vontade (quantas pessoas quiser, é verdade mesmo acredite !) que não tem problema algum. Você só pode ser "aprendido" porque é criança e pega no máximo 3 anos
Agora o melhor de tudo: se você tem uma arma em casa, comprada regularmente depois de passar por todas as dificuldades da compra, com todos os atestados, testes e documentos apresentados e tiver a infelicidade de atirar em um bandido que entrou na sua casa para roubar o que é seu, será preso por tentativa de homicídio e terá que pagar indenização ao bandido por danos físicos e morais. Pior ainda se o bandido for menor. Aí você está lascado mesmo. E se por acaso ele estiver desarmado, aí é caso de tentativa de homicídio qualificado, sem possibilidade de defesa da vítima. Portanto cuidado: se um bandido entrar na sua casa, antes de atirar pergunte educadamente o que ele deseja, pergunte se ele está armado e pergunte se ele é menor. Agora,se ele te matar e for preso,vai receber R$ 922,00 mês x filhos/mês.

quarta-feira, 15 de janeiro de 2014

segunda-feira, 13 de janeiro de 2014

Foto interessante ...


Politicamente correto ...

Repassando:

Na Universidade de Griffith, na Austrália, há um concurso anual sobre a definição mais apropriada para um termo contemporâneo.
Este ano, o termo escolhido foi "politicamente correto”.
O estudante vencedor escreveu:

"Politicamente correto é uma doutrina, sustentada por uma minoria iludida e sem lógica, que foi rapidamente promovida pelos meios de comunicação, e que sustenta a ideia de que é perfeitamente possível pegar num pedaço de merda pelo lado limpo."