Páginas

sexta-feira, 1 de agosto de 2014

Recordando o energúmeno ...

Recordando o energúmeno e a coisa anda como se nada tivesse acontecido, como se tudo fosse normal, normal num país de bandidos, onde a bola da vez, mais uma vez, é enterrar dinheiro do BNDES, nosso dinheiro, em aeroporto das terras dos Castro. O "chopp" da legenda é proposital ... Haja falta de vergonha e vergonha, além de falta de valores, decência e tudo que é honesto, mínimo que seja. Há de se dar um basta!


Nenhum comentário:

Postar um comentário